#Napaulapalooza: Indie Rock ou apenas ~napaula songs~

beautiful-coffee-indie-music-Favim.com-897037
Tava preparando a playlist de hoje quando me deparei com uma playlist pronta no meu Grooveshark, que tinha o nome de ~NAPAULA SONGS~. Eu não sei quando criei, qual era meu estado no momento e porque escolhi esse nome maravilhoso.

Apertei o play e realmente era muito Napaula Songs porque são só músicas que eu amo e escuto sempre, e todas indie rock rsrsrsrsrsrs. Uma playlist realmente bem #Napaulapalooza, sem tirar nem por, com todas as minhas bandas preferidas, tocando minhas músicas preferidas.

Só seria mais autoral se eu cantasse todas mas vocês não merecem tanto sofrimento. Vamos lá, a playlist tem apenaxxxxxxxxx: M83, Bombay Bicycle Club, Kimbra, Oh Land, MGMT, Phoenix, of Montreal, Kaiser Chiefs, Franz Ferdinand, The Strokes, City and Colour, Andrew Belle, Kings of Leon, Bloc Party e muito mais….. haahhahahahaha. É o suprasumo dos festivais hipsters mundo a fora mas eu juro que é muita música boa e você tem que ouvir! Prometo que você não vai se arrepender!

Pra quem nunca ouviu falar das bandas que eu vivo tagarelando no twitter, tá aí tudo que eu mais ouço ♥

Dicas e cuidados para quem usa lentes de contato

maxresdefault

Olá meninas, como passaram o final de semana? Espero que bem! Eu passei trabalhando, que por sinal é o que mais tenho feito, afinal dizem que quem muito trabalha, um dia… vai continuar trabalhando hahaha.  Mas confesso que amo meus trabalhos e estou feliz de forma geral com ambos!

Mas vamos lá, o assunto de hoje é importante, ele já estava pronto para ser sincera, mas como  ocorreu um fato ontem decidi mudar o tema.  Como muitos sabem, ou se não sabem agora vão saber, eu uso lentes de contato há quase 4 anos e óculos há pelo menos  8 anos, muita coisa né?

Vou contar um pouco sobre, decidi falar disso hoje porque desde ontem estou com meu olho direito vermelho, caso não melhore  vou precisar ir ao oftalmo, afinal, com a visão não se brinca! Quando estava na quinta série, ficava  trocando de lugar várias vezes  e a professora nunca entendia o porquê, até que uma vez ela se irritou comigo e  chamou a minha mãe até a  escola alegando que eu tinha ‘’deslexia’’  ou falta de educação, porque eu não parava no lugar durante as aulas dela. Minha mãe sempre foi muito paciente, afinal ela também é professora – e uma ótima profissional por sinal – e me perguntou se estava havendo alguma coisa, e eu falei que tudo parecia estar embaçado para mim,  ainda mais na aula de matemática, até hoje os números me confundem, mas a visão não mais.

“Mãe quando você está longe ou alguém está  mais distante de mim eu não consigo enxergar os detalhes das pessoas como olhos, nariz e boca, e eu não entendo o porquê.”  Era isso que disse para minha mãe quando  ela foi chamada na escola. Minha mãe então decidiu no outro dia mesmo me levar ao oftalmo e lá fui diagnosticada com miopía, nada de outro mundo.  Comecei a usar óculos, mas fui crescendo e aquilo começou a me incomodar, porque eu já usava aparelho, óculos e só vivia de cabelos amarrados, eu era coisa de outro mundo HAHAHAHAHA .

Enfim terminei o ensinoo médio  e comecei a faculdade, e queria muito parar de usar óculos, estava decidida a usar lente. Passei o primeiro  semestre do primeiro  ano da faculdade usando óculos, saí de férias,  fui ao oftalmo fazer minha consulta  anual e disse que queria usar lentes, que estava disposta, ele me mostrou todos os  pós e  os contras, e eu aceitei.

O começo é meio difícil essa coisa de colocar e tirar as lentes, mas com o tempo vira um hábito e você nem percebe.  Voltei para a faculdade  de lentes, então eu já usava cabelos soltos nessa época, mas ainda usava aparelhos nos dentes, que na verdade nunca foram um problema para mim se fossem só eles no meu rosto HAHAHA.  Eu gostei muito do resultado das lentes e me adaptei muito fácil, acho que era porque eu queria muito mesmo usar.  Só que gente, usar lente é algo muito SÉRIO, MUITO SÉRIO MESMO, e eu só fui perceber isso quando o pior aconteceu.

Eu fazia certinho  a parte de higienização e tudo mais, porém é algo muito delicado  que requer absolutamente todo cuidado o mundo.  Porque estou falando isso? Em 2010, certo sábado acordei com meu olho ardendo, mas nada que me parecesse grave, coloquei as lentes de contato e fui trabalhar, na época eu trabalha em uma loja de artigos religiosos aqui em  Aparecida. Meu olho direito começou a arder muito, e sabe a pupila, essa bolinha preta do olho? Ela começou a se encher de pontinhos brancos , então fui no pronto atendimento e eles colocaram soro  e disse que era só uma alergia, nada demais. Voltei para loja e a luz parecia que estava me deixando louca de tanto que doía meus olhos, mas aguentei firme e terminei meu turno. Fui para casa com  dor e quando cheguei minha mãe  disse que iríamos à santa casa, mas me recusei e coloquei uma bolsa de gelo em cima que ajudou a aliviar.

Porém na madrugada de sábado para domingo eu acordei com vertigem, muita dor, tonta e com meus olhos doendo muito. Era uma sensação horrível, então minha mãe me levou ao hospital e quando fui atendida o médico foi bem sincero e disse eu que não sabia o que era, colocou um colírio para acalmar a dor, mas recomendou que procurássemos um oftalmo o quanto antes. Sai de lá com muita dor, passei a madrugada toda gemendo de dor, e meu olho direito inchado. E assim foi durante o domingo todo, para todos os oftalmos que minha mãe ligava nenhum atendia no domingo, estava tudo fechado e assim foi mais uma madrugada  de  domingo para segunda de muita dor e choro, não tinha o que fazer, eu precisava mesmo de um oftalmo.

Enfim  veio a segunda feira e como estava com muita dor eu fui cedinho para o consultório do meu oftalmologista mesmo que eu faço meus exames anuais, chegando lá ele me atendeu prontamente e me diagnosticou com uma bactéria que corroía meu olho por dentro e se ela tomasse conta e tudo eu ficaria cega do olho direito. Fiquei apavorada, meu pai que foi comigo porque minha mãe teve que ir trabalhar, nossa eu fiquei desesperada demais. Isso aconteceu porque, por mais cuidado que eu achava que estava tendo, ainda não era suficiente e a lente pegou a bactéria que passou para o meu olho. No mesmo dia que fui ao oftalmo foi dado início a um tratamento,  e a suspensão das lentes. Passei acho que uma ou duas semanas afastada da faculdade, do trabalho e das pessoas, não podia ter contato com a luz porque sentia dor então eu ia bem cedo para o consultório e quando chegava em casa eu só ficava no quarto. Todo dia tinha que trocar o lençol por conta de pó, passar pano com álcool em tudo, eu não podia ter contato nenhum com pó.

Os dias  foram se passando o meu olho foi desinchando, e ficando apenas vermelho. Já não sentia tanta dor, mas ainda havia dois pontinhos brancos que seriam a cicatriz desse ‘’machucado’’. Passadas as duas semanas, cheguei no oftalmo depois do final de semana em casa e ele disse que estava curada,  nossa nunca me vi tão feliz, poder voltar a fazer tudo normal, eu estava suspensa da lente por pelo menos um ano até a próxima consulta anual. Antes de encerrar essa parte eu queria dizer até hoje que sou eternamente grata por toda a assistência do meu oftalmo que me deu esse tratamento sem cobrar nada, muito obrigada mesmo.

10563432_10202027632004916_367162471_n

Por um ano eu usei óculos, escolhi uma armação bem legal e  usei numa boa. Passado um ano voltei ao oftalmo e disse que queria voltar com as lentes e ele me deu uma super aula explicando tudo de novo sobre os cuidados com a lente. Então voltei a usar, não tive grandes problemas depois, na verdade tive uma alergia só e  depois nada mais.

Decidi falar sobre isso porque  como disse no início meu olho direito está vermelho e fiquei preocupada, então quis dividir isso com vocês mais como um alerta mesmo e aqui embaixo vou colocar 8 dicas para quem usa ou gostaria de usar lentes de contato, mas se você se sente  bem com óculos, não troque por nada!  Ainda  mais com as inúmeras armações lindas que  tem até eu estou pensando em ter um para usar o dia todo, quero lembrar que sim eu tenho um óculos bem bonito por sinal que eu uso de vez em quando.

1 – Antes de utilizar as lentes de contato, lave muito bem as mãos.

2 – Nunca deixem suas lentes de contato fora do estojo caso não estejam em uso.

3 – Utilize sempre produtos capazes de proteger dos microorganismos e impurezas, proporcionando maior segurança aos olhos.

4 – As lentes devem ser limpas e enxaguadas com soluções específicas antes de serem utilizadas.

5 – Para a limpeza do estojo utilize apenas água limpa, ou o próprio produto conservante. Nunca utilize produtos destinados a limpeza doméstica.

6 – Não é recomendado que se  durma com as lentes de contato.

7 – As lente de contato são extremamente frágeis, por isso requerem cuidados para que não se percam, rasguem ou acumulem depósitos.

8 – Em caso de qualquer desconforto ou vermelhidão nos olhos, retire imediatamente a  lente e procure um especialista.

Enfim é um post longo, mas espero que tenham gostado.  Ah e olhem só aqui também tem um link bem legal que o  sou phyna colocou falando sobre maquiagem e óculos de grau!

Um beijo ;*

Vale a pena ver de novo: jaqueta jeans

Depois das jardineiras e do Adidas Superstar, a coluna “Vale a pena ver de novo” de hoje traz mais um hit dos anos 90: as jaquetas jeans. Quem não teve (ou quis ter) a emblemática jaqueta do Hard Rock Cafe? Naquela época elas eram enoooormes, tanto na modelagem quanto no comprimento, e geralmente eram de jeans mais claros ou desbotados. Dava pra usar com tudo, e eram versáteis e muito modernas.

1481503_saillookh

Com o tempo, elas caíram em desuso mas jeans é jeans e sempre acaba voltando de um jeito novo. E as jaquetas pegaram carona no hit das camisas jeans e novamente encontraram seu “lugar ao sol”.

Não preciso dizer o quanto é fácil combinar jeans, porque essa é sem dúvidas a combinação mais fácil de se fazer, não precisa nem entender de moda pra saber isso.

Aposte na jaqueta jeans pra dar um toque mais moderno e urbano aos looks sóbrios.

1767771_fur1-613x10242

Para as românticas, vale muito combinar a jaqueta jeans com vestidinhos ou blusas fofas, pra quebrar o ar tão “menininha”.

3589811_THEWALKLB0 3808036_2000

A combinação com vestido ou macaquinho também deixa sua jaqueta pronta pra balada, basta colocar um salto e carregar nos acessórios!

1488075_lovelypepalookbook18

Outra dica legal, que já apareceu nesse post aqui, é combinar a jaqueta jeans com o couro, seja na calça ou blusa. Os dois são o par perfeito pra esse inverno, aposte!

1622729__12-collage

Pode jeans com jeans? Claro que pode! Aproveite para combinar tons diferentes de lavagem, que deixam a produção ainda mais moderna.

2655904_lookbook

 

Tantas opções que fica difícil escolher! Na dúvida, cada dia escolha uma ;)

Beijinho!

Tendências de make para o inverno 2014

Olá gatonas! Tudo certo?
Inverno, friozinho, muito estilo… mas de nada adianta sem uma boa make, não é?!

Nesse post de hoje irei mostrar para vocês as três super tendências de 2014 para o inverno, e acreditem… Está demais! Vamos la?! ;)

1- “SMOKEY EYES MARROM”

É gata, o marrom é clichê, é tendência e funciona para qualquer ocasião.
Trabalho, happy hour, balada… enfim 1001 utilidades! Alice Salazar é fã assumida do nosso marrom de cada dia e o usa praticamente em todas suas maquiagens. Nesse inverno não poderia ser diferente. Desfiles como o da Forum e Osklen adotaram o smokey eyes no marrom em uma versão mais suave, tirando o foco da boca com gloss incolor ou ate mesmo um balm.81598ndm2

2- “CARA LIMPA”

Animale e Gloria Coelho é que o digam! Visual montado e muita informação na maquiagem passou longe desses desfiles. Com a onda de BB cream a tendência é deixar a pele com menos aparência de maquiada para dar lugar ao visual bem clean! Pele com um bom acabamento, uma mascara de cílios incolor, blush e gloss. Isso e mais nada! Que tal?

PS. CÍLIOS POSTIÇOS (IGUAL DA MODELO) POOOOOOOOOODE! *-* 

backstage-gucci-fw-inverno-2014-img-3

3- “ANOS 40″

Divas como a Dita Von Teese são adeptas a esse estilo de maquiagem que remete muito aos anos 40. Batom vinho, blush marcado e delineador. Para uma balada ou, para as mais ousadas que gostam de usar no dia-a-dia. Totalmente femme fatale. #EUADORO <3

batom-outono-inverno-2014

E ai, que tal tentar por em prática cada uma dessas tendências?! ;)
Uma “cara limpa” no domingo, durante a semana um “smokey eyes marrom super estiloso” e no sabadão um “femme fatale” hein?! ;) #FicaADica
Cada uma a seu estilo, descubra o seu!

Beijão e ótimo fim de semana!

Mazza

Rosa antigo

Rosa antigo

O jornal da manhã, preguiçosa e com cheiro de café, avisou que hoje ficaria frio, disse que precisaria descer a galocha de chuva, e segurar a inveja, pois o sul verá a neve. Para confirmar o recado, as folhas caíram com mais leveza e quantidade, o vento despedaçou a rosa que crescia no quintal, e bagunçou o cata-vento, que até ontem, girava delicadamente no jardim.

Não avisaram que seria necessário bolo, mas o chuvisco das dez horas sugeriu que era uma boa ideia. Desde então, as nuvens resolveram parar sobre as chaminés, e esperar a calmaria quentinha das fumaças que saiam.

Por de trás dos cinzas que cortavam o infinito, o céu se mostrava azul. Azul paz, azul bebê. A mente serena que andava pela casa, lembrou o quanto os dias nublados amarguravam seu coração.

Como um “dia velho” era capaz de desquietar uma alma novinha, e comprometer o sorriso dos olhos. A sorte é que as borboletas, que dançam o sonho, mostraram os risos e os encantos que se sabem produzir, que sabem ver e viver.

As belas mostraram que a riqueza mora na simplicidade, talvez onde menos se espere valha muito a pena esperar. Da menor caixinha saia o melhor presente, e nos piores mora a vantagem de pelo menos ganha-los.

Assim, a serenidade que tomava a moça, que estava começando o seu dia, a fez sorrir, pois já se sabia fazê-lo em qualquer situação.

Foto: Tumblr.

Acrílico, chegou para ficar!

Material plástico que vem de muitas formas e cores, se ajusta fácil em diversos estilos de ambiente devido a sua transparência e leveza.

Ganhou o mercado com acessórios para banheiro, organizadores e chegou ao mobiliário. Beleza e versatilidade que o designer Philippe Starck desfrutou em parceria com a Kartell na sua mais conhecida criação: a cadeira Ghost.

A cadeira mais vendida em todo mundo (clica aqui para saber mais) ela une a forma clássica com o material moderno do acrílico.

image

Organizadores não só para maquiagem,há modelos lindos para o escritório.

image

O organizador de sapatos também faz a vez de uma penteadeira

image

Mesas de centro em acrílico são ótimas por que você pode usar estampas no espaço e a transparência não interfere nas combinações.

image

Curiosidades do filme “Lua de Cristal”

“Lua de cristal, que me faz sonhar
Faz de mim estrela que eu já sei brilhar
Lua de cristal, nova de paixão
Faz da minha vida, cheia de emoção.”

Baixinhas e baixinhos peguem o seu vinil empoeirado na estante, coloque no toca disco da sua mãe e vem curtir esse post super astral sobre o filme mais reprisado inédito da ‘Sessão da Tarde’, Lua de Cristal. Caso você tenha nascido há 10 anos e não sabe o que é essa tal  ”Lua de Cristal” entra nesse link e curta essa música sensação tema desse filme M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O da Rainha não mais dos Baixinhos, XUXA!

153760

Para os que assistiram varias vezes e querem assistir de novo, ou, para aqueles que nunca assistiram e ficaram curiosos o filme esta disponível no youtube (clica no link baixinhos) - Lua de Cristal.

Bora descobrir curiosidades sobre esse “clássico” do cinema tupiniquim? Vem!!!!!!

1. “Lua de Cristal” custou a bagatela de 500 mil dólares.

2. E teve 5 milhões de espectadores, a maior bilheteria do cinema nacional nos anos 90.

3. Só no primeiro fim de semana o filme teve 920 mil espectadores.

4. A estreia foi no dia 21 de junho de 1990.

5. Um quilo de alimento dava direito a um ingresso para a estreia.

1277333566

6. O filme arrecadou 450 toneladas de alimentos para uma campanha da LBA – Legião Brasileira de Assistência.

7. “Lua de Cristal” ia se chamar “Xuxa e a Turma Invencível”.

8. Mas, ao ouvir a música-tema pronta, o produtor Diler Trindade resolveu trocar para “Lua de Cristal”.

9. Michael Sullivan, um dos compositores da música, estava visitando os sets de filmagem e acabou aparecendo em uma cena na lanchonete.

10. A estreia do filme em São Paulo foi matéria no Jornal Nacional.

cenabruxa

11. No evento, Xuxa estava com a mesma roupa usada no milésimo programa “Xou da Xuxa”.

12. “Lua de Cristal” foi a estreia de Leticia Spiller, que era paquita, no cinema.

13. A atriz Adressa Koetz, que fez o papel da Xuxa criança, também já foi a Vera Fischer adolescente em “Laços de Família”.

14. Não era a primeira vez que Adressa fazia a Xuxa criança. Ela teve o mesmo papel em “A Princesa Xuxa e os Trapalhões”, um ano antes.

15. Todos os paquitos e paquitas usam seus nomes verdadeiros no filme, assim como Duda Little.

cenafinal

16. Marlene Mattos, empresária da Xuxa na época, é citada no filme duas vezes. Na primeira, quando seu Bartô conversa com alguém sobre a dívida da lanchonete. Na segunda, quando tia Zuleica diz para Lidinha que é “muito próxima de Marlene”.

17. Uma das vilãs do filme era Julia Lemmertz como prima Lidinha.

18. O papel do vilão Mauricinho foi do cantor de uma das bandas de mais sucesso nos anos 80: Avelar Love, líder do João Penca e Seus Miquinhos Amestrados.

19. Claudio Mamberti, que faz o Bertô, dono da lanchonete onde Bob trabalha, é irmão do ator Sergio Mamberti, que mais tarde viraria o Tio Vitor de “Castelo Rá-Tim-Bum”.

Para finalizar, uma foto do casal protagonista. Que sintonia, que lance, que romance, que beleza…

182094

Quando Sérgio Mallandro é o príncipe encantado da Xuxa, não tem como, o filme será eternamente um clássico em nossos corações.

O novo moletom: como usar a peça esportiva e confortável de forma moderna

Juro que nunca pensei que diria isso, porque há um ano eu achava moletom a peça mais horrorosa que uma pessoa pensasse em sair de casa. Mas, o mais legal da moda é inventar e se reinventar, e pegar aquela peça que todo mundo acha uó e mostrar que ela pode sim ficar legal de vários jeitos.

Eu tenho um certo “trauma” de moletom. Quando era criança, queria morrer quando minha mãe me mandava pra escola de calça de moletom sendo que as outras meninas da minha sala usavam jeans (nosso uniforme já era só camiseta). Eu tava quentinha, confortável, mas me sentindo horrível porque já sentia a cobrança de pré-adolescente de me sentir na “moda”, e na minha cabeça, isso só era possível com jeans. Essa fase ficou meio marcada na minha cabeça, e até pouco tempo atrás até blusas de moletom me davam calafrios (sendo que o propósito delas é totalmente outro).

A moda sporty, que começou em meados do ano passado, que começou a inserir peças do vestuário esportivo – tênis, jaquetas esportivas e peças de moletom – veio pra desconstruir uma série de preconceitos que eu tinha, não só com o moletom. Eu sempre amei usar tênis mas ficava receosa porque né, tinha que usar sapatilha feminina blábláblá. As primeiras passarelas que começaram a resgatar essa moda me estranharam um pouco, mas logo eu percebi que dá sim pra estar confortável e bonita. E tem peça mais confortável que tênis e moletom?

Desde que eu me desfiz desse preconceito bobo, enraizado em uma ideia que eu tinha, ah, sei lá, 10 anos atrás, passei a ver que peças confortáveis do meu guarda-roupa podem muito bem combinar com outras e se tornarem modernas, porque não? Venhamos e convenhamos, o jeans é uma peça coringa, mas confortável ele tá longe de ser, ainda mais aquelas mais apertadas. Pode concordar comigo, eu sei que é isso que você pensa também, todo mundo pensa mas tem medo de falar pq nooooosssaaaa moletom q issoo que brega, que desleixado!

Pois o post de hoje é pra mostrar que o moletom pode te deixar confortável, bonita e quente, e eu tô sim falando daquela sua calça cinza que você só usa quando tá sozinha em casa. Quer ver? Então vem. A chave do sucesso (kkkkkk) é combinar os sapatos e acessórios. Qualquer calça de moletom ganha outra cara quando combinada com um salto e/ou os acessórios certos.

Calças: 

325125_3941193433_d2a4408278_o 3086044_page8 3106762_open-uri20130615-10195-1n3k093 3280898_blog135

Blusas: 

1099335_P2201639 3002092_mp3_-_Kopia 3251292_skirt 3884190_DSC_0489-1_edited-1

Conjuntos:

2676853_adidasset 3226966_DSC07444 3637278_look_4

 

Com tantas opções legais, fica difícil não gostar deles, né?

#Napaulapalooza – Trilha sonora da novela “O Rebu”

fr-pillar-e-charlote-o-rebu

Não tem sido fácil desde o fim de Avenida Brasil se apegar com força em uma novela. A sequência que veio depois da nossa queridinha foi sofriiiiiida mas parece que agora tem uma substituta à altura em nosso coração: O Rebu. Sério, o que é essa novela? Esse enredo, figurino, fotografia, cabelo da Sophie Charlotte, e, principalmente, essa trilha sonora? Tudo se encaixa perfeitamente como os instrumentos de uma sinfonia. O que dificulta um pouco é o horário né gente, porque o proletariado (eu) acorda cedo e fica difícil ver uma novela que passa quase 00h, mas o esforço tem valido, e muito, a pena.

12

O Rebu, com seu enredo todo não-linear (que eu amo de paixão), me conquistou e parece que todo mundo da minha timeline, porque cada capítulo é uma chuva de comentários e suposições sobre o folhetim. É aquela novela que dá gosto de ver e que sempre te surpreende, até porque, por seu enredo não entregar logo de cara quem é quem, a gente fica ainda mais instigado a assistir tudo e encaixar as peças do quebra-cabeça. Gostoso como ler um livro do nosso autor preferido. Tô gostando tanto que já tenho em mente vários posts sobre O Rebu, principalmente do figurino, que mesmo sendo atual, me lembra muito “O Grande Gatsby” de Baz Luhrmann, mas isso é tema pra outro post.

fr_7147

Hoje o foco é na trilha sonora, que foi escolhida a dedo e está TODA sensacional! Tem desde clássicos da MPB, como Chico Buarque ♥, Elis Regina e Tom Jobim até o rock psicodélico da banda Tame Impala (que eu amo e merece post especial também). Olhando de fora parece que nada “casa” e as escolhas são meio aleatórias, mas não, elas se encaixam perfeitamente no timing de cada cena. Eu já tinha ficado alerta à trilha sonora desde as chamadas, que traziam o delicioso Bizarre Love Triangle do New Order, tinha dito no meu twitter que ia assistir só por causa desse clássico dos anos 80. E pra uma apaixonada por música feito eu, é uma delícia assistir qualquer história com tanta música boa.

antonio-gonzalez-fr

Tem de tudo um pouco, muita MPB boa – Chico, Caetano, Marisa Monte, Elis, Tom Jobim, Jorge Ben, Maysa, Gal Costa, Milton Nascimento -; clássicos dos anos 80 – New Order, The Cure, Marvin Gaye, Cindy Lauper -; queridinhos da cena indie-hipster – Alabama Shakes, Tame Impala, Amy Winehouse -; e ainda Shakira, Nina Simone… enfim, só nome de peso, que assim como a história, parecem um quebra cabeça desmontado e sem ligação, mas que vai se encaixando a medida que as cenas passam.

O responsável por essa playlist incrível é o Will Poliveri, que a cada capítulo atualiza a playlist no Spotify e eu aconselho todo mundo a seguir, porque ô trilha deliciosa, viu? Se você também já se perguntou “que música maravilhosa é essa?” enquanto assistia ao O Rebu, aconselho a dar play nessa lista e ser feliz ♥

Tour gastronômico por Campos do Jordão

Oi gente!

Vocês devem estar se perguntando (pelo menos espero que sim haha) porque eu não postei ontem, na minha coluna semanal.  Confesso que o objetivo era postar dentre inúmeros temas, já tinha até escolhido um, mas como mudei, decidi postar um bem legal hoje. Não que o outro não seja, mas hoje vou falar sobre as comidas de Campos do Jordão!

Falei, falei e acabei não explicando porque não postei ontem. Gente, faz uma semana que estou gripada, isso tem atrapalhado meu rendimento, então me desculpem por isso. Sobre semana passada vi muita gente curtindo, comentando no instagram, no blog, no facebook e  twitter sobre o post  dos patins,  fiquei muito feliz em saber que vocês gostaram viu?!  Vi também as meninas pedindo dicas sobre os melhores patins para comprar, prometo trazer logo essa dica para vocês.

Campos do Jordão 1

Agora chega de papo e vamos ao assunto. Mesmo gripada, fui a Campos do Jordão no fim de semana, aproveitei a folga de domingo e fui com a Ana e o Wesley, meu namorado. Eu nunca tinha ido e eu estava ansiosa demais, inclusive eu às vezes sofro com ansiedade e foi exatamente isso que aconteceu, a ansiedade para ir para Campos resultou em uma febre (gente às vezes eu tenho cinco anos ok? Haha).

Foi um passeio muito legal, eu nunca tinha ido pra lá, está explicada a minha ansiedade agora, todo mundo já tinha ido, menos eu.  A cidade é linda, gente bonita e elegante e muito frio por lá! Mas eu sai de casa com duas intenções:  conhecer a cidade e comer MUITO, tipo MUITO MESMO, até explodir, foi quase isso. Quando cheguei em casa passei  muito mal, eu estava muito cheia e a estrada tem muitas curvas, sem muitos detalhes não quero  ver ninguém passando mal aqui hahahaha.

Gente vamos lá, a ideia de hoje é contar os lugares que comi algumas coisas, acho legal dividir isso com vocês!

Chegamos lá com muita fome, no primeiro momento tudo que eu queria era o tal pastel do Maluf, mas pensem em uma fila gigante, eu não iria suportar esperar iria desmaiar e fome na fila hahah. Isso porque o garçom foi servir o pastel para outros clientes e eu quase peguei aquela bandeja e sai correndo, mas me contive. Ao lado do Pastel do Maluf que depois eu falo mais sobre, tinha o The Burguer, e foi lá que paramos. Vamos por ordem:

Campos do Jordão 2

THE BURGUER: eu adorei lá, toda a decoração do lugar era retrô e eu adoro isso! Tinha também uma escultura de uma moto, só não sei se era vespa ou lambreta, mas era linda. Eu não tirei foto porque eu estava com vergonha, tinha acabado de chegar.  Agora sobre o lanche, eu adorei o cardápio, você podia comprar o lanche comum, ou montar seu próprio lanche e isso é ótimo porque eu não tive que dizer que queria sem salada, eu simplesmente não pedi e fiquei tão feliz por isso hahaha.

O lanche é muito bom eu pedi com hambúrguer de picanha, queijo prato e bacon. Eu sempre costumo exagerar com ao pedir lanches, gosto de lanches grande, mas dessa vez moderei.  A Ana Também pediu com hambúrguer de picanha, queijo da casa, e molho barbecue. E o Wesley pediu hambúrguer normal, queijo da casa, salada, maionese da casa. Os lanches estavam muito gostosos, o atendimento é rápido e para servir na mesa também. A gente achou que demorou, mas era porque estávamos com muita fome.

chocolate

Depois de ter visitado algumas lojas, eu mais uma vez queria comer.  Aproveitei que eu também nunca havia tomado chocolate quente ou comido fondue doce, e uni o útil ao agradável. Paramos no Caramelo Restaurante, também no Capivari.  Gente, estava muito frio muito, porque nós fomos no período da tarde, logo escureceu, então qual a melhor hora para tomar um chocolate quente se não aquela? Pedi um chocolate quente cremoso adorei, é muito bom aquilo né? Onde for vou tomar chocolate quente até no calor hahahaha. Lá mesmo já tinha o tal fondue e a Ana pediu o doce, (obrigada Ana por dividir comigo estava muito bom)que vinha com bananas, morangos e uva pra acompanhar o chocolate derretido.  Eu não achei nada enjoativo e comeria uns três numa boa hahahahaha, mas não né gente, eu comi apenas um e estava uma delicia. Recomendo o lugar, achei bacana, não tinha nada demais, – aliás tinha uma lareira elétrica que o cara demorou uns 40 minutos para conseguir acender, a única parte chata é que tinha uias crianças que por causa dessa bendita lareira não paravam de gritar  ‘’ACENDE, ACENDE!’’ enquanto o garçom tentava acender.  Mas pensem pelo lado bom, quando vocês forem lá não vai ter essas crianças, afinal, elas não fazem parte da decoração haha.

mauf

Por fim, mas não menos importante, lembra quando que falei lá em cima que até fiquei com febre de ansiedade? Eu tava ansiosa para comer o tal do Pastel do Maluf! Hahahaha que máximo, que gigante que tudo, que maravilhoso!  Já gostei de uma coisa lá, você chega no lugar e o cardápio está na entrada, então você chega no balcão, pede o seu e eles te dão uma senha, tem coisa melhor e mais organizada? Adorei isso.

eu e pastel

Outra coisa muito legal, lá é cheio de fotos de artistas com o Pastel do Maluf, e eu achei o máximo, muita gente mesmo! Não sei até agora porque o cara não chamou eu e a Ana para tirar fotos com o pastel hahaha! Mas isso não era nada ainda perto de um outro detalhe:  todos  os artistas que  estavam na foto, obviamente estavam segurando o pastel, menos a Solange Frazão! Cara, tem problema essa mulher? HAHAHAHA de todos os artistas só ela que não estava segurando o pastel, ela estava sozinha na foto sozinha dentro da pastelaria, ah por favor, tira aquela foto e coloca uma minha e da Ana, vai! Vamos a parte mais legal, são inúmeras opções de recheios que a gente chega a ficar perdida, mas pedi com carne, ovo mexido para continuar honrando a minha classe, e bacon porque quem me conhece sabe que sou apaixonada por bacon.

Gente o negócio é magnifico, como já estava muito cheia porque fui comendo praticamente uma coisa atrás da outra, decidimos que iríamos levar o pastel, e ele é embalado na caixinha com a foto do MALUFÃO , achei sensacional. Foi o que mais gostei de comer, é muito bom. E olha que comemos durante o caminho, estava sensacional aquele pastel. Não tem como ir à Campos e não comer aquela belezura.

Processed with VSCOcam with m3 preset

No mais, eu amei o passeio em geral, como já disse a cidade é linda, e esses três lugares ficam no Capivari. Foi tudo muito bom, eu estava em ótima compainha, tenho muita sorte de ter a Ana como melhor amiga e o Wes como namorado, são incríveis para mim, amo vocês dois amores!

Espero que tenham gostado e se já foram lá e quiserem comentar onde comeram, eu vou adorar saber, afinal quero voltar logo em um futuro muito próximo!

1 2 3 62