Grunge atual – a moda dos anos 90 de volta

Quem nasceu nos anos 90, como eu, possivelmente teve um contato superficial com o grunge, movimento liderado por bandas como Nirvana e Pearl Jam. Mesmo que é do início da década, era uma criança no auge do grunge, sensação entre os adolescentes, nascidos em meados dos anos 80.  Nas passarelas, nas ruas e nas vitrines, cada vez mais é possível ver pelo menos uma leve inspiração do estilo, que com certeza vai provocar uma onda de nostalgia em quem já está na casa dos 30 e vai saciar a vontade de quem está nos 20 e poucos e não teve contato com essa moda.

Croppeds, jeans surrados e rasgados, colar tatuagem, gorros, xadrez, jaqueta jeans, botas over the knee e meias até os joelhos já fazem mais do que parte da moda de rua atual, ao mesmo tempo que dividem espaço com outras tendências noventistas, como o minimalismo de peças lisas, em tons de branco e nude. A grande chave de tudo isso é como incorporar esses elementos hoje em dia. Não dá pra vestir toda a moda de uma época passada, a menos que você queira ser totalmente vintage ou se fantasiar. O segredo é incorporar com tendências atuais ou misturar com outras de outras épocas. Não é demais? É muito demais! Brincar com a moda é uma das experiências mais bacanas que existem. Pra te inspirar e te mostrar várias coisas legais que estão de volta, olha a nossa galeria aí embaixo.

Confira algumas inspirações do grunge em looks atuais:

1890728_sun

1891324_12612

2262085_51312_copy

2521466_Desktop49

2624912_Blog_Photos

2663097_lookbook

2778065_00

2834286_12613

2896547_page

 

Fotos: Lookbook.Nu

Fadas místicas de longevidade e destreza

geritopya

Existem algumas terras que muitos desconhecem. Elas só aparecem e são acessíveis aos que respeitam, acreditam e aceitam a mágica habilidade de criar. Para quem não se assusta com planos utópicos demais e fé exagerada em fantasias doces, vindas da imaginação, os portais para o encantamento estão sempre abertos.

Makanudos é um exemplo de terra mística. Ele é tão intenso em suas criações que, até agora, um pouco mais de dez seres habitam o local. Nessa terra, uma nova forma de viver e enxergar o mundo vem sendo praticada e organizada em um coletivo de energias positivas. Por magnífica obra do universo, o grupo Geritopya está prestes a brilhar ainda mais luz de paz e magia para outros mundos.

Em Geritopya todas são fadas, é preciso, no mínimo, acreditar em sua existência para conhecer o grupo. Não. Não são fadas coloridas, com asas e pó mágico. São mulheres determinadas, unidas e crentes na paz. Em total homeostase com as forças da natureza, esses seres mágicos e encantados são energicamente concebidos pela luz do sorriso da lua, misturada a força da água, a bondade da terra e a esperança de harmonia entre todos.

A união se faz pelo fluído de carinho entre quem se permite acreditar na louca fantasia de doçura, sossego e amor. Uma mistura inteligente de criança, que é assassinada pela ignorância da arrogância rabugenta da seriedade cotidiana. A trilha que leva até a possibilidade infinita de sonhar, e se transformar em caminho para sonhos universais, está aberta para quem se dispor, com sinceridade, a ouvir a beleza de uma realidade fantástica.

 

Foto: Tumblr.

Hot or Not? Gargantilha chocker

A cada dia que passa chego a conclusão de que se tem alguém que dita moda, essas pessoas são vocês. Afinal, vira e mexe resgatamos coisas passadas e fortalecemos isso trazendo como uma das principais peças para a próxima estação, não digo só roupas e sapatos, me refiro também aos acessórios. E é exatamente sobre um deles que venho falar hoje.

tattoo

Quem não amou ou ama a década de 90? Foram tantas coisas que marcaram essa época como bandanas e lenços, prendedores de cabelo que também eram usados como pulseiras, sem falar nas Melissas aranha com meia, quem nunca né?

Mas o que ganha destaque não por ter sido, mas também por ter voltado com tudo, e confesso eu usei e com certeza em algum look ele vai estar lá como um dos meus acessórios. Estou falando da famosa gargantilha choker, aquela mesmo que parece uma tatuagem, que você desfilava e enganava irmã mais nova ou as amigas mais novas dizendo que tinha feito uma tatuagem, hahaha.

large

Elas voltaram com tudo, até famosos estão usando, alguns com os desenhos diferentes, apesar de eu achar legal mesmo o original. Vamos combinar existe algum acessório mais prático do que estica e bota no pescoço? A tendência voltou a aparecer na moda de rua e as famosas logo apostaram na ideia.

dd7a2-tattoo-choker3 gargantilha1_img_principal_materia tattoo-choker-kylie-jenner-manu-gavassi-ella-eyre55322

Acho que moda é mesmo isso, nós que usamos o que queremos usar ou não, independente se já foi febre uma vez ou mais. Eu estou louca para usar a minha e vocês?

E não esqueça o lance é usar a peça bem no meio do pescoço!

Amy Winehouse e sua polêmica história no cinema

Amy Winehouse cantava lidamente. Eu, me tornei fã à primeira música, carregava suas melódias no celular, era apaixonada por seu estilo original de se vestir e suas tatuagens me encantavam. Amy era realmente uma bomba de emoções e vire-mexe explodia, em suas músicas, com letras fortes e marcantes, que combinavam perfeitamente com sua voz.

Vi Amy sair do seu “ser” saudável e entrar no seu “ser” decadente por causa dos abusos das drogas, e recebi a noticia da sua morte precoce, em 2011, aos 27 anos, com certa surpresa, realmente, acreditava que ela iria sair “dessa” e que não entraria para a história dos gênios da musica que encerraram o espetáculo aos 27 anos.

11223866_834351743317969_1101267163883059880_n

Amy, 4 anos após a sua morte, terá sua história contada num filme documentário, que está causando ansiedade nos fãs e (certa) fúria naqueles que conviveram com ela e não concordaram no rumo que a produção tomou.

Não teria como contar a história da cantora sem mostrar o que realmente aconteceu, fantasiar sua vida com uma mascara bela, é bobagem, por mais que seja complexo tudo que ela viveu, mostrar a parte ruim é importante, doa a quem doer.

Amy era polêmica em vida, e continua causando após sua partida, assistir um filme documentário que narra sua trajetória com imagens da própria em fotos e gravações, será emocionante, mostrar essa história vai muito além de um registro para lembrarmos do sorriso solto e doce, e sua voz inconfundível.

O longa será lançado nos cinemas no dia 03 de julho e deverá contar, desde o começo, a vida de Amy, o lançamento dos seus dois discos ‘Frank’ e ‘Back To Black’ e o sucesso posterior que levou a seu colapso e envolvimento em drogas lícitas e não lícitas.

Para matar a saudade algumas fotos dessa maravilhosa:

amy-winehouse Amy at Coachella in 2007 with her Blake Fielder-Civil and Kelly Osbourne amy-winehouse3 amy-winehouse4 Amy sits with her father Mitch waiting for the 2008 Grammy annoucement Amy performs with Mark Ronson at the 2008 Brit Awards

O estilo apaixonante de Mad Men

Antes de tudo, queria dizer que NÃO ESTOU DISPOSTA A LIDAR COM O FIM DE MAD MEN!! Eu tô bem triste que uma das minhas séries favoritas no mundo acabou esse último fim de semana, por isso tô enrolando o máximo pra terminar, porque ainda quero muito de Mad Men na minha vida. Eu conheci a série em 2013 e foi amor logo no primeiro episódio. E hoje vou falar do estilo da série pra você que, se ainda não assistiu, não perca nada.

Eu sou uma apaixonada confessa por séries de época. Eu sou uma apaixonada confessa pelas décadas de 50/60. Eu sou uma apaixonada confessa por Mad Men. Desde o primeiro episódio que vi da série, já adicionei pra vida, pela trama, pelo figurino, pela trilha sonora, pelo Don Draper (sinceramente, que homem).

don

A história se passa na década de 50, na agência de publicidade Sterling Cooper, onde Don Draper Sinceramente Que Homem é o diretor de criação, e junto com uma equipe igualmente de sinceramente que homens  bons profissionais, passam seus dias bebendo whisky, fumando muito e criando ótimas campanhas publicitárias para marcas mundiais. Claro que num universo como esses há muito romance, pegação (ô), traição, briga, soco, pontapé, mordida e muito amor. É impossível não se apaixonar por essa tchurminha do barulho.

don rindo

Mas não estou aqui para falar disso, pois levaria o dia todo, de tanto que sou apaixonada por essa série. Tô aqui pra falar do estilo, das roupas impecáveis, das cinturas marcadas, dos ternos alinhados.

ginger se vestindo

Como a série se passa nos anos 60, ela tem todo o estilo elegante da época. Para as mulheres, muitos vestidos de cinturas marcadas e saias armadas, ou silhuetas lindamente delineadas, saias de cintura alta, golas estruturadas e decotes reveladores. Os cabelos muito bem estruturados com laquê, coques altos, tiaras e todos os fios no lugar. As maquiagem com muito delineado de gatinho e batom vermelho. De acessórios, bolsas pequenas, luvas e piteiras. Quando aparecem calças, elas são muito bem marcadas, de cintura alta e alongam a silhueta. São aquelas roupas de tirar o fôlego de tão lindas e bem feitas. E claro, em mulheres como Christina Hendricks, January Jones e Elisabeth Moss, que até com qualquer trapo velho ficariam lindas.

ginger 2

Eu vejo e Mad Men e me dá dois desejos: voltar pra essa época ou usar essas roupas hoje em dia. Quisera eu poder realizar um desses desejos. Mas, nem tudo é impossível. A série fez e faz tanto sucesso que já inspirou a Banana Republic, que fez uma coleção baseada no estilo. Além disso, a moda atual incorpora vários elementos da década de 60, que ajudam a criar um visual parecido com as musas de Mad Men. Para quem não conhece, uma seleção de fotos da série que vão fazer você querer assisti-la. Pra quem já conhece, achei muitas produções no Lookbook.nu inspiradas em Mad Men, que vão fazer você querer se vestir assim também.

elisabeth

Aproveita e vai no Netflix, que lá tem cinco temporadas da série. Não perde tempo, Don Draper espera por você.

don piscando

Continue lendo: (mais…)

5 dicas pra se aproximar do cara que você está afim

Oi amores, como vocês estão, muito friozinho por ai? Confesso que não gosto muito de frio, mas com o verão passado eu esperei por esse outono e estou esperando bem agasalhada o inverno. Vamos as dicas, afinal estamos aqui pra isso!

Eu estava com várias dicas para escrever para vocês, pois o mês está acabando e junto dele se vai mais uma das nossas séries, mas com certeza voltaremos com uma melhor ainda. Como penúltima dica da nossa série, duas amigas vieram até mim, as mesmas estão passando quase que pela mesma situação e por coincidência ambas vieram me pedir conselhos sobre como se aproximar mais daquele cara que está ficando sem que pareça que está se jogando demais para ele. Pensei muito para aconselhar elas, afinal são duas queridas, que não vou citar o nome, mas elas sabem que são. Então decidi que vou compartilhar com vocês, pode ser que tenha alguém também passando por isso então vamos lá!

large

01: Esqueça essa coisa de  ele tem que  te ligar, ele tem que te mandar mensagem, ele tem isso, ele tem aquilo… Amiga, não tem nada demais você mandar uma SMS pro cara, um whatsapp, isso não faz de você uma  menina oferecida, se você está curtindo a relação, a ficada, seja lá o que for, não tem nada de mais mandar um “Oi, tudo bem?”. O cara não vai te achar oferecida, e sim uma menina bacana por se preocupar em saber se ele está bem.

02: Eu vejo muitas meninas, mulheres, falando que o cara  tem sim que pagar a conta sozinho. (Não é o caso das minhas amigas) mas conheço muita gente que tem esse pensamento. LUZ VERMELHA EM ALERTA, volte uma casa e repense. Seguinte: você toda bonita maravilhosa,  no restaurante, barzinho, espetinho, carrinho de lanche, sei lá qual mais programa vocês possam ter combinado, chega na hora da conta a maravilhosa arruma uma desculpa e vai no banheiro, ou se não fica lá parada igual a um poste não abre a boca nem para falar: não vou pagar!  Na boa, isso já passou, tempos modernos, claro que uma vez ou outra ele pode sim pagar a conta sozinho, mas sinceramente tem coisa melhor do que você dizer que vai dividir a conta com ele,  mostrando que você é dona de si, e do seu próprio nariz? Pense bem amorrr!

03:  O cara te convida para sair e te dá sei lá 4 sugestões, e tudo que você responde é: “você que sabe” ou senão, o cara fala vamos em um barzinho e você diz: “pode ser”. Errado, coloque uma coisa na sua cabeça se ele perguntou é porque quer saber, portanto se posicione, mostre que tem opinião. Ficar de bico o jantar inteiro porque não gostou do local que ele escolhei não vai adiantar.

04: Voltando a questão de mensagens, ligações e demostração, vale muito dizer que não tem absolutamente nada de mais você dizer pessoalmente ou por mensagem: Foi agradável estar com você. Isso não te torna uma pessoa oferecida e sim uma pessoa educada e phyna, que reconhece que a companhia do cara é boa.

05:  A última é a mais curtinha porém tão valiosa quanto as outras,  quando está se relacionando com alguém que você percebe que vale a pena, você deve investir sim, em pequenos gestos, palavras ou atitudes. Um relacionamento seja de pouco ou muito tempo precisa ser regado todos os dias e não só por uma pessoa, então não se faça de desinteressada sendo que está curtindo e quer algo mais sério com a pessoa que está se relacionando, garanto para você que ser oferecida é outra coisa!

Espero que  quem esteja passando por um começo de relacionamento usufrua dessas dicas, mas  quero ressaltar que essas dicas só valem se você não estiver saindo com um babaca!

Beijos!

5 dicas para organizar seu tempo

De volta com mais 5 dicas pra vocês, hoje vou falar de um tema que é um problema muito grande pra nossa geração: o tempo. Nós passamos nossas semanas reclamando que não temos tempo de nada, enrolando pra fazer coisas simples e perdendo muito tempo com coisas que poderiam ser feitas com muita rapidez e acabamos perdendo tempo de aproveitar as coisas legais. E isso eu falo de mim também, o tempo que eu gasto procrastinando ou enrolando com tarefas simples e que poderia ser usado em outras é algo que me preocupa, e sei que muita gente que também sente isso. Então o 5 dicas é um exercício pra todo mundo hoje!

large

1 – Faça listas: isso é bem uma mania de virginiano, mas funciona e ajuda a organizar a vida. Faça lista desde tarefas pequenas a grandes e se esforce pra seguir a lista. Listas de trabalhos, estudos, tarefas domésticas, compras, tudo isso ajuda a te fazer perder menos tempo em cada uma delas, e priorizar o realmente merece prioridade. Listas de supermercado, por exemplo, ajudam a economizar tempo e dinheiro, porque você não precisa ficar se lembrando do que tem que comprar, e nem se deixa levar pelo desejo momentâneo de comprar coisas supérfluas.

2 – Seja disciplinado com seus horários: a gente perde, e nisso eu me incluo, muito tempo só rolando o feed das redes sociais e acaba perdendo o horário de tudo. Essa dica vale pra dica acima, se você determinou um horário nessas listas, cumpra pra que seu tempo livre não seja comprometido.

3 – Separe um tempo pra você: isso é importante, não adianta você delimitar horários e tarefas e não separar um tempo pra você. Seja pra praticar alguma atividade física, seja pra ver filmes e séries, seja pra ficar sem fazer nada. Todo mundo precisa de um tempo fazendo nada.

4 – Respeite seus limites: eu sei que em épocas de TCC, vestibular, concursos públicos ou uma entrega importante no trabalho, todo mundo tem a tendência de virar a noite acordado tomando energético e café, até conseguir terminar tudo. Mas o intuito de conseguir organizar seu dia é conseguir um tempo pra descansar, porque nosso corpo pede. Então, organizar seu dia é também priorizar as horas de descanso e, principalmente, conseguir fazer tudo com antecedência e tempo hábil pra poder viver como uma pessoa normal e que dorme à noite. Acredite, é possível.

5 – Não seja escravo da sua lista: claro que organizar seu tempo é incrível, mas não faça listas rígidas que te tornem um general de si mesmo. Seja flexível e resiliente porque tem hora que as coisas não acontecem do jeito que a gente planejou e isso é ok. Saiba remanejar suas tarefas se for necessário, porque senão, ao burlar uma das tarefas, você não vai conseguir fazer mais nada que estava depois dela. Organizar é ótimo, mas se as coisas saírem do trilho, não se desespere, tudo vai voltar a caminhar se você souber recalcular a sua rota.

Espero que as dicas ajudem tanto a vocês quanto a mim! Ótima receita pra começar a segunda-feira já planejando seu tempo a seu favor 😀

Cabelo de diva: os penteados do red carpet

jessica-alba-cabelo

É sempre um desafio escolher um penteado que seja adequado e chique às ocasiões mais formais. Para isso, é sempre bom buscar referências em quem realmente entende do assunto: as celebridades que sempre estão nos red carpets. Separei três tipos bem comuns, mas que sempre caem bem em qualquer ocasião.

Cacheado retrô

Esse tipo de cabelo vai muito bem, tanto em cabelos curtos quanto longos, pois dá um ar de glamour à mulher. Fica bem se combinado com maquiagens que valorizem um só ponto do rosto, como só os olhos ou só a boca. Para dar um ar mais retrô, use um batom vermelho. Esse cabelo é um ícone dos red carpets, e valoriza ainda mais a beleza da mulher.

 

Coque

Os coques são um verdadeiro clássico, e são sempre os mais procurados quando o assunto são penteados para festa. Para inovar e não cair na mesmice do coque simples para trás, opte por coques mais soltos, até levemente “bagunçados”, e se você tiver franja, use-as para valorizar seu rosto. Use também acessórios nos cabelos para valorizar e deixar o penteado ainda mais bonito.

 

 

Topete

Para as mais ousadas, o topete é uma opção sofisticada e chique. Ele pode ser usado tanto em coques tanto quanto em cabelos soltos. O topete dá um ar ainda mais retrô ao visual, podendo ser usado com vestidos vintage, assim como maquiagem de época. Como o topete prende todo o cabelo para trás e deixa o rosto a mostra, pode ser usados com brincos grandes e acessórios chamativos. Claro, sem exagero.

 

Beijos!

 

Descalço e com cuidado

set me free

Entra devagar, por favor, e se atente aos móveis fora de lugar. Não tropece. Agora vem. Vem com calma. Tenho leite na geladeira. Quer um chocolate quente? Faço com o maior amor.

 

Entraram em casa, finalmente. Depois do frio pela estrada de moto, nada como a cama quentinha. O céu cintilava de tanta estrela, e a recordação da paleta de cores intensas, que só o crepúsculo sabe fazer, ainda era fresca em sua memória. Dava para sentir o cheiro das nuvens, até.

O dia tinha sido bom. Os esforços compensados. Aprenderam a arte de agradecer. Cada olhar, cada gesto, cada palavra. Tudo dava sentido para o amor. Amor em si, por si e entre todos os dois. Todos. Eles eram tudo. Eram o suficiente.

Não precisava mais de som, a vida agora tinha música. Não precisava mais de vela, a natureza agora dava a lua.

 

Foto: Tumblr.

“Orange Is The New Black” a viciante série da Netflix

“Orange Is The New Black” foi lançado em 2013 pela netflix e sem dúvidas é uma das melhores séries que acompanho atualmente. Descobri a história de Piper Chapman quando lia uma matéria sobre o sucesso da série que retratava a vida em um presídio feminino do EUA.  Achei a história interessante e decidi investir meu tempo no primeiro episódio.

orange-is-the-new-black-poster

Tenho um critério bem simples para acompanhar ou não uma série, se os dez primeiros minutos prenderem minha atenção, considero válido continuar, depois, avalio se vale a pena ou não permanecer com o hobby. Quando comecei a assistir “Orange Is The New Black”, a segunda temporada já estava quase no fim, o que possibilitou fazer uma maratona.

Sinopse: “Orange is the New Black” baseia-se na história real de Piper Chapman, uma mulher cuja vida aparentemente perfeita é virada de cabeça para baixo, quando deve cumprir pena em um presídio feminino por crime de tráfico de drogas cometido há anos.

A série é baseada no livro “Orange Is the New Black: My Year in a Women’s Prison” de autoria da própria Piper, personagem principal. A história mostra as diferenças culturais e sociais das presas, aborda o relacionamento homoafetivo e como é o dia a dia dentro de uma prisão feminina. Com uma visão nada monótona ou marginalizada, a escritora destaque o lado humano, muitas vezes, deixado de lado, quando falamos de presas, e mostra que, apesar dos desvios sociais e em alguns casos problemas psicológicos, elas encontram a felicidade e apoio uma nas outras.

Orange_Is_the_New_Black_book

Minha espera e dos fãs da série pela 3º temporada chega ao fim no próximo dia 12 de junho, quando rola a estreia. E a ansiedade ta a mil, vários anúncios fantásticos estão rolando na internet. Como este trailer com momentos marcantes e engraçados das primeiras temporadas.

E essas fotos maravilhosas.

OITNBS3_11JUNE14_WHILDEN_D0075.NEF OITNBS3_14JULY14_WHILDEN_D0373.NEF OITNBS3_14AUG14_WHILDEN_D0403.NEF OITNBS3_14AUG14_WHILDEN_D0518.NEF OITNBS3_3SEPT14_WHILDEN_D0014.NEF OITNBS3_30SEPT14_WHILDEN_D0078.NEF OITNBS3_7OCT14_WHILDEN_D0619.NEF OITNBS3_31OCT14_WHILDEN_0451.NEF

Haja coração! Agora, não me responsabilizo se você viciar na série. Por isso, não perca tempo, corre para assistir as primeiras temporadas que estão disponíveis na netflix e em sites que você pode assistir online.

1 2 3 79